Dores no corpo

Dores musculares - sintomatologia

A dor muscular, mialgia, ou também comumente referida como dor nos músculos, reporta-se a qualquer dor nos músculos, sentida com uma maior ou menor intensidade de dor, é uma queixa comum, e frequentemente está relacionada com o abuso ou lesão do músculo, resultado de um exercício ou trabalho com o paciente não está habituado a realizar.

Nessas situações, a causa da dor muscular é algo óbvia; no entanto, ela pode estar acompanhada de muitas outras condições, tais como doenças infeciosas, doenças auto-imunes e parasitose, entre outros problemas.

As dores musculares (mialgias) podem estar acompanhadas por outros sintomas como dor articular (artralgia), febre ou mal-estar generalizado. 

As lesões musculares podem ser o resultado de exercícios e do abuso de esforço físico. Demora cerca de 48 horas para um músculo se curar de um pequeno abuso. Sempre que um músculo doer após um exercício é sinal de que houve algum tipo de dano muscular.

As causas mais comuns são o tensão ou stress, o abuso (esforço frequente de um músculo), a lesão ou trauma (incluindo entorse e distensão).

A dor muscular também pode estar associada a vários outros distúrbios, como os seguintes:

  • Auto-imunes: polimiosite, dermatomiosite;
  • Infecções/Infestações do músculo: abcesso estafilocócico do músculo (piomiosite), triquinelose;
  • Infecções generalizadas: influenza (gripe), sarampo, febre reumática, entre outras; 
  • O uso de drogas (anfotericina B, carbinoxolone, cloroquina, clofibrato, corticosteróides, hidroxicloroquina), etc.

Como aliviar dores musculares?

Para a ocorrência de dores musculares, são importantes tanto o exercício físico quanto o repouso. As dores musculares resultantes de esforço excessivo e trauma normalmente respondem bem a compressas frias e quentes, massagens e diminuição temporária das atividades ou repouso. Calor, banhos mornos, massagem e exercícios suaves de alongamento após um período de repouso devem ser realizados com a maior frequência possível.

A dor e o inchaço podem ser substancialmente reduzidos com o auxílio de analgésicos de venda livre, ou remédios para dores musculares, como é o caso de TransAct® Lat.

Este antiinflamatório para dores musculares é um medicamento não sujeito a receita médica constituído por uma película aderente de poliéster impregnada com 40 mg de flurbiprofeno e por uma película de revestimento que é retirada imediatamente antes da aplicação do penso impregnado sobre a área afetada.

O tratamento para dores musculares com este emplastro para dores musculares ou dores nas articulações é bastante eficaz. Também pode ser usado para dores nas pernas, dores lombares, dores no pescoço, dores musculares nas pernas
dores musculares nas costas, ou lesões musculares.

 

TransAct® Lat

TransAct® Lat é um medicamento para aliviar dores musculares, e está indicado no tratamento sintomático das situações de inflamação musculoesquelética localizada de origem pós-traumática ou reumática, ou lesões musculares. Estas dores musculares ou das articulações, podem ser de natureza aguda ou crónica.

TransAct® Lat é um penso impregnado que liberta de uma forma sustentada níveis de flurbiprofeno diretamente para a área afetada com uma absorção sistémica mínima. Se não se sentir melhor ou se piorar após 5 dias, tem de consultar um médico. TransAct® Lat está indicado no tratamento de:

  • Dores das articulações;
  • Dores musculares. 

Dores nas articulações - sintomatologia

A dor nas articulações, também denominada dor articular, é uma sensação de desconforto, dor ou incómodo em uma ou mais articulações do corpo. As dores nas articulações podem ocorrer com ou sem movimento muscular, e com gravidade limitativa do movimento. A dor nas articulações costumam ser descritas por desconforto, inflamação, sensação de quente ou rigidez.

As articulações são estruturas complexas incluindo, além das extremidades ósseas, cartilagem, membrana sinovial, ligamentos, tendões e bursas e é graças a elas que nos conseguimos mover. As articulações movimentam-se constantemente, pelo que vários problemas poderão advir nessas regiões. Nessas situações, a causa da dor muscular é algo óbvia; no entanto, ela pode estar acompanhada de muitas outras condições, tais como doenças infeciosas, doenças auto-imunes e parasitose, entre outros problemas.

Artrite reumatóide é uma doença auto-imune que causa rigidez, dor e inflamação nas articulações. A osteoartrite envolve o crescimento dos osteófitos (chamados de “bico de papagaio” quando aprecem na coluna) e a degeneração da cartilagem de uma articulação. É a causa mais comum de dor articular em adultos com mais de 45 anos. Exercícios físicos localizados poderão amenizar as dores nas articulações.

As articulações do corpo humano fazem parte de um sistema denominado sistema articular. Elas são as grandes responsáveis por conectar os ossos do esqueleto a outros ossos ou a cartilagens, permitindo a realização dos movimentos que fazemos no dia-a-dia.


Artrite e artrose

As dores nas articulações estão geralmente ligadas à artrite e à artrose. A artrite é uma condição especialmente relacionada ao excesso de peso, a repetição de movimentos, a lesões e à idade avançada. Os sintomas da artrite são vermelhidão local, inchaço e dores constantes que levam à dificuldade de realizar movimentos. A artrite pode ser reumatóide, gotosa, osteoartrite, psoriática, séptica, entre outras. 

Já a artrose, ou osteoartrite, é uma condição crônica que afeta as cartilagens do corpo e os ossos. É uma doença mais comum de acometer as mãos, os joelhos, os pés, os ombros, os punhos e os cotovelos. A artrose é um tipo de artrite degenerativa que geralmente afeta pessoas obesas, com idade avançada e que realizem trabalhos repetitivos. É uma condição mais frequente entre mulheres do que entre homens.

A inflamação das bolsas com líquido sinovial pode também levar ao desenvolvimento de dores nas articulações. Outras situações que podem ocasionar dores nas articulações são tendinite, osteomielite, rubéola, febre reumática, catapora, gripe, sarampo, parvovirose, infecções, hepatites e doenças autoimunes, por exemplo.

Como aliviar dores nas articulações

Para evitar dores nas articulações e para auxiliar o tratamento desta condição, uma das principais medidas é evitar o excesso de peso. Portanto, é fundamental ter atenção à alimentão e aos hábitos de vida, por forma a evitar o acúmulo de gordura e de evitar o sobrepeso nas articulações. Além disso, é importante estar atento aos sintomas, especialmente depois dos 45 anos de idade, e principalmente as mulheres.

Aplicar calor, gelo e aplicar adesivos para dores musculares (TransAct® Lat) para aliviar a dor, pode melhorar muito a qualidade de vida de quem sofre de alguma atrite ou artrose, portanto não deixe de consultar um médico ou farmacêutico.

Evitar movimentos repetitivos e ficar muito tempo sentado são também medidas importantes para que quer tratar as dores nas articulações e até mesmo evitar o surgimento das mesmas. O hábito de fumar é muito ruim nestas condições, pois o fumo diminui a massa óssea, o que enfraquece as articulações. Outra medida importante é evitar usar salto alto, assim como dar descanso aos pés com certa frequência e realizar massagens tanto nos pés com em outras articulações do corpo.

Por fim, é muito importante que todas as pessoas adquiram o hábito de fazer alongamentos. Alongamentos básicos são fundamentais para a saúde das articulações e para manter o corpo flexível e forte.

No entanto, a dor e o inchaço podem ser substancialmente reduzidos com o auxílio de analgésicos de venda livre, como é o caso de TransAct® Lat, medicamento não sujeito a receita médica constituído por uma película aderente de poliéster impregnada com 40 mg de flurbiprofeno e por uma película de revestimento que é retirada imediatamente antes da aplicação do penso impregnado sobre a área afetada.

 

TransAct® Lat - emplastro para dores musculares

Os pensos TransAct® Lat são um antiinflamatório para dores musculares, e estão indicados no tratamento sintomático das situações de inflamação musculoesquelética localizada de origem pós-traumática ou reumática, resultando em dores musculares ou das articulações, que podem ser de natureza aguda ou crónica.

TransAct® Lat é um penso impregnado para as dores musculares, dores nas pernas, dores nas articulações, dores lombares, dores no pescoço, dores musculares nas pernas, dores musculares nas costas ou lesões musculares.

Liberta de uma forma sustentada níveis de flurbiprofeno diretamente para a área afetada com uma absorção sistémica mínima. Se não se sentir melhor ou se piorar após 5 dias, tem de consultar um médico. TransAct® Lat está indicado no tratamento de:

•    Dores nas articulações;

•    Dores musculares. 

Os músculos

O tecido muscular esquelético corresponde à maior massa existente no corpo humano, e representa cerca de 45% do total do seu peso.

Os músculos são os únicos geradores de força capazes de produzir movimento articular. Realizam contração, convertendo energia química em trabalho mecânico. São 434 músculos, representando 40% do peso corporal; dentre estes, 75 pares de músculos estriados são envolvidos na postura geral e movimentação do corpo.

As lesões musculares podem ser causadas por pancadas diretas, estiramentos ou lacerações.

As lesões musculares são comuns na prática dsportiva, sendo que a maioria são contusões ou distensões musculares.

A contusão muscular ocorre quando, por exemplo, um músculo é submetido à uma força súbita de compressão como um golpe direto. Nos estiramentos, o músculo é submetido a uma tração excessiva levando à sobrecarga das miofibras e, conseqüentemente, a sua ruptura perto da junção miotendínea.

Todas as lesões musculares passam por 3 fases no processo de cura, a fase de destruição (ruptura e conseqüente formação de um hematoma entre os cotos do músculo rompido, e uma reação inflamatória); a fase de reparação (produção de uma cicatriz de tecido conectivo e revascularização por crescimento de capilares na área lesada); e a fase de remodelação (retração e reorganização do tecido cicatricial e recuperação do funcional capacidade do músculo).

 

O que são lesões músculo-esquelécticas

São lesões de estruturas orgânicas como os músculos, as articulações, os tendões, os ligamentos, os nervos, os ossos e doenças localizadas do aparelho circulatório, causadas ou agravadas principalmente pela actividade profissional, pelo exercício físico, etc. e pelos efeitos das condições imediatas em que essas actividades tem lugar.

A maioria das lesões músculo-esqueléticas são lesões cumulativas (v. g. movimentos repetitivos) resultantes da exposição repetida a esforços mais ou menos intensos ao longo de um período de tempo prolongado. No entanto, podem também ter a forma de traumatismos agudos, tais como fracturas causadas por acidentes.

Estas lesões afectam região dorso-lombar, a zona cervical, os ombros e os membros superiores, mas podem afectar também os membros inferiores. Algumas lesões músculo-esqueléticas, tais como a síndrome do canal cárpico, que afecta o pulso, são lesões específicas que se caracterizam por sinais e sintomas bem definidos. Outras manifestam-se unicamente por dor ou desconforto, sem que existam sinais de uma lesão clara e específica.

Fatores de risco - lesões musculares

Constituem fatores de risco deficiências de flexibilidade, desequilíbrios de força entre músculos de ações opostas, lesões musculares causadas por reabilitação incompleta, distúrbios nutricionais ou hormonais, alterações anatómicas e biomecânicas, inclusivé provocadas pelo fator idade, infecções e os outros fatores relacionados com a prática desportiva (aquecimento inadequado, incoordenação de movimentos, técnica incorreta, sobrecarga e a fadiga muscular).

 

Sintomatologia - lesões musculares

O historial clínico é definido por dor súbita localizada de intensidade variável, por vezes acompanhada de um estalido audível ou de uma sensação de pedrada. A intensidade dos sinais e sintomas podem variar de acordo com a sua gravidade.

Ao examinar o paciente lesionado, o médico busca edema localizado, tensão aumentada do tecido ao redor e possibilidade de um "defeito" (área de depressão local) visível ou palpável. A presença de hematoma tem o significado de uma lesão de maior extensão e gravidade. A contração contra resistência revela dor local e impotência funcional, caracterizada pela incapacidade de se mover a articulação.

Os estiramentos musculares geralmente não são precedidos por dor localizada ou tensão muscular aumentada no mesmo local; portanto, prever o surgimento de tais lesões é uma tarefa complexa.

 

Como tratar dores musculares - lesões musculares

Os princípios do tratamento das lesões musculares na fase aguda seguem o método PRICE (proteção, repouso, gelo, compressão local  - TransAct® Lat é um exemplo de tratamento para lesões musculares e de tratamento para dores musculares - e elevação do membro acometido).

O repouso do membro afetado mediante a utilização de órteses (tipoias, muletas, estabilizadores articulares) está indicado nos estiramentos de grande magnitude. Durante o processo de reabilitação, há a necessidade de modificar as atividades de risco. A mobilização do membro acometido, para contenção da área de lesão, a utilização de ultrassons ou laser, o tratamento cirúrgico, ou outras técnicas auxiliares à reparação/cicatrização, redução da inflamação e do espasmo muscular e outros, poderão advir para o processo de recuperação.

No entanto, enquanto todas estas técnicas envolvem custos elevados, e dispêndio de tempo a longo prazo, existem outras terapêuticas disponíveis (remédios para dores musculares) mais acessíveis, não invasivas e de eficácia comprovada, que poderão ser utilizadas de acordo com a gravidade das lesões ou dores musculares, e mais especificamente dores musculares nas pernas, dores musculares nas costas, ou outras, nomeadamente a aplicação de pensos impregnados com a substância ativa flurbiprofeno - pensos TransAct® Lat

 

 

Indicações terapêuticas - TransAct® Lat pensos

TransAct® LAT, antiinflamatório para dores musculares, está indicado no tratamento sintomático das situações de inflamação musculoesquelética localizada de origem pós-traumática ou reumática, resultando em dores musculares ou dores das articulações, que podem ser de natureza aguda ou crónica.

TransAct® Lat é um penso impregnado, o qual liberta de uma forma sustentada níveis de flurbiprofeno diretamente para a área afetada com uma absorção sistémica mínima.