É profissional de saúde?

Não Sim
Ícone de UsuárioProfissionais de Saúde

Escolha o Distrito

Escolha a loja online mais perto de si!

teste

Azitromicina Jaba MG é um medicamento genérico, com 69% de comparticipação, que se apresenta sob a forma de comprimidos revestidos, acondicionados em embalagens de 2 ou 3 comprimidos. 

 

O que é Azitromicina Jaba MG?

Azitromicina Jaba MG são comprimidos revestidos que contém 500 mg de Azitromicina (sob a forma de dihidrato).

A azitromicina é o primeiro de uma classe de antibióticos designada quimicamente por azalidos. Quimicamente, deriva da inserção de um átomo de azoto no anel lactona da eritromicina. O peso molecular é de 749,0. Atua por inibição da síntese proteica bacteriana, por ligação à subunidade ribosómica 50S, impedindo a translocação de péptidos.

 

Para que é utilizado Azitromicina Jaba MG?

Azitromicina jaba 500 mg comprimidos revestidos está indicado:

  • No tratamento de infeções causadas por organismos sensíveis: infecções do tracto respiratório inferior, incluindo bronquite e pneumonia, infecções da pele e tecidos moles, otite média e infecções do tracto respiratório superior, incluindo, sinusite e faringite/ amigdalite. 
     
  • No tratamento de doenças sexualmente transmissíveis não complicadas, devidas a Chlamydia trachomatis e a Neisseria gonorrhoeae não multi-resistente, no homem e na mulher; deverá ser excluída a hipótese de infecção concomitante a Treponema pallidum.

 

Advertências e Precauções Azitromicina Jaba MG

Hipersensibilidade tal como acontece com a eritromicina e outros macrólidos, foram notificadas reações alérgicas graves raras, incluindo edema angioneurótico e anafilaxia (raramente fatal), reações dermatológicas, incluindo pustulose exantemática generalizada aguda (PEGA), síndrome de Stevens Johnson (SSJ), necrólise epidérmica tóxica (NET) (raramente fatal) e reação a fármaco com eosinofilia e sintomas sistémicos (DRESS). Algumas destas reações com azitromicina jaba resultaram em sintomas recorrentes e obrigaram a um período de observação e tratamento prolongado. 

Caso ocorra uma reação alérgica, o medicamento deve ser descontinuado e deve ser instituída uma terapêutica apropriada. Os médicos devem estar cientes que os sintomas alérgicos podem reaparecer quando a terapêutica sintomática é interrompida. 

Não se dispõe de dados sobre a utilização da Azitromicina em doentes com depuração da creatinina < 40 ml/min, pelo que se deverá ser prudente na prescrição de azitromicina jaba nestes doentes. 

Uma vez que o fígado é a principal via de eliminação da Azitromicina, o uso desta deverá ser ponderado nos doentes com doença hepática grave. Em doentes medicados com derivados da ergotamina, a co-administração de alguns antibióticos macrólidos poderá precipitar o ergotismo. Não existem dados relativos à possibilidade de interacção entre a ergotamina e a azitromicina. No entanto, e devido à possibilidade teórica de ergotismo, não deverão ser co-administrados os derivados de ergotamina e azitromicina jaba. 

Como acontece com qualquer preparação antibiótica, é recomendada a observação de sinais de superinfecção com microrganismos não sensíveis, incluindo os fungos. 

A administração de azitromicina jaba a crianças com idade inferior a 6 meses, não pode ser recomendada, uma vez que a segurança, naquele grupo etário, não foi ainda estabelecida.

 

Como utilizar Azitromicina Jaba MG?

Os comprimidos podem ser administrados juntamente com os alimentos.

Para mais informações contactar o Titular de AIM.


087.2021

Referências:
Azitromicina Jaba RCM
Jaba Recordati, S.A. Av. Jacques Delors, Ed. Inovação 1.2, Piso 0 – Taguspark, 2740-122 Porto Salvo, Tel. 214329500, Fax: 219151930, www.jaba-recordati.pt, NIF.500492867.