Ícone de UsuárioProfissionais de Saúde
JABA RECORDATI S.A. - Portugal
Nova plataforma digital reúne informação sobre a Hiperplasia Benigna da Próstata

A Recordati, acaba de lançar uma nova plataforma digital dedicada à saúde do homem, que tem como objetivo aumentar a literacia do doente com Hiperplasia Benigna da Próstata (HBP), bem como da família e dos que lhe são mais próximos.

Este guia de informação útil promete oferecer uma navegação simples ao utilizador, ajudando-o a esclarecer dúvidas/questões/preocupações que possam existir acerca desta doença: a distinguir a HBP do cancro da próstata, uma vez que a HBP como o próprio nome indica é uma das doenças benignas mais comuns nos homens, mas que pode afetar a sua qualidade de vida; e ainda ajudar a desmistificar um dos principais receios do diagnostico da doença, o toque rectal.

Estão prometidos artigos mensais sobre variados temas que pretendem explicar de forma simples sobre a saúde do homem, conselhos úteis, perguntas frequentes, um glossário e toda a informação que esteja relacionada com esta condição médica, como os sintomas, possíveis causas, formas de diagnóstico e possibilidades de tratamento.

O lançamento desta nova plataforma digital de saúde “Área HBP Recordati” é o mais recente projeto de responsabilidade social da Recordati e vai estar inserida num microsite na página de internet da empresa farmacêutica. De acordo com Rui Rijo Ferreira, diretor de Marketing da Recordati “O objetivo para o desenvolvimento desta nova plataforma online dedicada às doenças benignas mais comuns nos homens foi a de tentar dar acesso a um conjunto de informações credíveis sobre a Hiperplasia Benigna da Próstata, que como o próprio nome indica é uma doença benigna, mas que pode afetar a qualidade de vida dos homens”.

 

Hiperplasia Benigna da Próstata

A HBP caracteriza-se por um aumento do número de células da próstata, que por sua vez causa um aumento do volume deste órgão, sendo uma das doenças mais frequentes nos homens. Está intimamente relacionada com o envelhecimento e, embora poucas vezes ponha em risco a vida, interfere grandemente com a sua qualidade.

O crescimento ocorre ao longo dos anos devido à estimulação da proliferação destas células por ação da testosterona, a “hormona masculina”. O acréscimo no número de células causa o aumento do volume e tamanho da próstata, com a consequente compressão da uretra e queixas urinárias. Contudo, é preciso ter presente que neste caso a dilatação da próstata não é causada por cancro. A HBP desenvolve-se, principalmente, numa área designada por zona de transição, situada em torno da uretra. Os tumores malignos da próstata, pelo contrário, costumam surgir na zona periférica (cerca de 70% dos tumores surgem nesta região).

Estamos certos de que esta nova plataforma será uma mais-valia para dotar os homens de informações relevantes sobre a doença e que os vai ajudar a esclarecer algumas das dúvidas mais comuns e a desmistificar alguns receios que ainda possam existir em relação aos meios de diagnostico, como é o caso do toque retal

Conclui o diretor de Marketing da Recordati.