Ícone de UsuárioProfissionais de Saúde
Ana Teresa Porfírio

A Jaba Recordati é uma Companhia do sector farmacêutico, quase centenária, mas que persiste num rumo estratégico bem definido, apoiado num portfólio de produtos inovadores que garantem a solidez e a sustentabilidade financeira no médio-longo prazo e expansão para outros mercados, assegurando a estabilidade dos seus profissionais. Caracteriza-se por ter um excelente ambiente profissional, com uma cultura de «porta aberta», onde a comunicação é directa e honesta, assente em princípios de exigência e meritocracia, numa perspectiva de desenvolvimento contínuo de cada profissional, quer ao nível das suas competências, quer ao nível da sua carreira.

A Comunicação Interna é um critical success factor para a obtenção dos nossos resultados e prossecução dos nossos objectivos. Numa empresa com as características da nossa, onde a maior parte dos nossos colaboradores são externos, existe uma permanente necessidade de desenvolver entre todos o espírito de pertença. Este espírito de pertença é fundamental, porque são estes comerciais o espelho da companhia junto dos clientes. Por outro lado, estes profissionais necessitam de uma informação permanente e actualizada sobre a companhia, aspectos técnicos e científicos dos produtos que promovem, etc. Por estes motivos, a comunicação interna desempenha um papel crucial na performance da companhia e, por isso mesmo, os nossos profissionais estão equipados com o state of the art no que diz respeito a equipamentos que permitam uma permanente ligação com a sede.

Na Jaba Recordati a gestão do talento está alinhada com a gestão do negócio, de forma a potenciar o alcance das metas definidas pela companhia.

A gestão do talento é feita através de um conjunto robusto de programas que visam acompanhar o nosso cliente interno - é assim que a Jaba vê os seus profissionais - ao longo de todo o ciclo de vida profissional: atracção, desenvolvimento e retenção. Desta forma, a companhia define os objectivos de negócio e a estratégia para os alcançar e, ao mesmo tempo, alinha as políticas de gestão do talento, contribuindo para o sucesso dos resultados.

Atendendo às constantes alterações no mercado farmacêutico, o dia-a-dia na Jaba Recordati caracteriza-se por uma elevada plasticidade. Os nossos profissionais sabem que sem este permanente ajuste/reajuste não poderão ter sucesso. Isto requer o desenvolvimento constante de factores como a accountability em relação à função e o engagement para com a organização, de forma a termos profissionais responsáveis, focados nos resultados e com um elevado compromisso para com a organização.

Pelo seu ADN, a Jaba Recordati será sempre, assim como o é no seu core de negócio, uma empresa de vanguarda na organização do trabalho e nas práticas de Recursos Humanos. Faz parte do que somos e de como trabalhamos: a inovação, a criatividade, a adaptabilidade, as novas práticas e a valorização do activo humano estarão sempre ao leme da actuação desta companhia, daqui a 10 anos tal como estão agora.

As exigências do mundo actual, onde nos confrontamos com uma envolvente complexa, incerta, volátil e heterogénea, com mudanças constantes ao nível da tecnologia, dos mercados, dos ciclos de vida dos produtos, dos gostos dos clientes, tornam os produtos, serviços e modelos de gestão, obsoletos muito rapidamente.

Olhando para o mercado farmacêutico, reconhecido como uma economia de produto, seria expectável que o foco da gestão fosse o produto que se comercializa. Na Jaba Recordati, acreditamos que o sucesso que resulta na longevidade que apresentamos se deve ao facto de nos focarmos, com igual compromisso, nos produtos e nas pessoas, a que acrescentamos a qualidade dos processos.

Aquilo que pretendemos que nos diferencie é a qualidade, o conhecimento, a paixão e a entrega que os nossos profissionais demonstram no seu dia-a-dia.

Permite-nos ultrapassar obstáculos que noutros contextos e noutras empresas não seriam fáceis de superar. Procuramos esta cultura de brilho nos olhos. Uma cultura de reconhecimento por parte dos que nos escutam a apresentar a companhia, os produtos, as novidades, etc. Vêem a paixão, a entrega, o gozo, o prazer que fazem os nossos olhos brilhar pela satisfação de fazer parte desta companhia, vestir e transpirar esta camisola. É perfeita? Não será, certamente. No entanto, tem a capacidade de se autocriticar todos os dias, procurar fazer mais e melhor, ouvir os nossos profissionais e ir ao encontro das suas necessidades, para que tenham as melhores condições para dar o seu melhor e obter os melhores resultados.

Acreditamos que as pessoas são o nosso maior activo.

A autora opta por escrever segundo o antigo acordo ortográfico


Fonte: Marketing Farmacêutico