Ícone de UsuárioProfissionais de Saúde

Pesquisar Produto

ou
Procto-Glyvenol®

Procto-Glyvenol®

Hemorróidas externas e internas.

ver mais

Hemorroidas são veias dentro ou à volta do ânus, que ficam inchadas ou irritadas quando há uma pressão extra sobre estas veias. Quase todas as pessoas têm hemorroidas em alguma fase na vida, no entanto, na maior parte das vezes, os sintomas desaparecem por si, sem necessitar de tratamento.1

Estima-se que 8 a 24% das mulheres, durante a gestação, sofra de doença hemorroidária.2

 

O que são hemorroidas?

Hemorroida externa e interna

As hemorroidas inflamadas são estruturas vasculares que dilatam por consequência de vários fatores, causando desconforto e sangramento do ânus.

Afetam também os movimentos intestinais, tornando-os dolorosos.3

Fig1- Ilustração hemorroida externa e interna2

Tipos de Hemorroidas

As hemorroidas são classificadas de acordo com dois fatores, sendo externas ou internas e segundo o seu grau (I, II, III, IV).(Lohsiriwat, 2012)2;4

Classificação de Goligher 

  • Hemorroidas de grau I: não prolapsam através do ânus;
     
  • Hemorroidas de grau II: prolapsam através do ânus e a sua redução (ou seja, o retorno à sua posição original) é espontânea;
     
  • Hemorroidas de grau III: prolapsam através do ânus e a sua redução só é conseguida manualmente;
     
  • Hemorroidas de grau IV: estão prolapsadas através do ânus e a sua redução não é possível.

 

Hemorroidas externas

As hemorroidas externas assemelham-se a varizes vermelhas e são visíveis na zona perianal (à volta do ânus) 5

 

Hemorroidas internas

As hemorroidas internas apresentam-se dentro do ânus. Normalmente não são possíveis de ver e apenas pontualmente causam dor, no entanto os sintomas mais agudos.5

 

Sintomas das hemorroidas

Os sintomas das hemorroidas inflamadas dependem do tipo de hemorroidas, contudo, numa primeira instância, são leves e transitórios, pautados por sangramento intermitente do ânus e dor ligeira.

 

Sintomas de hemorroidas externas:6

  • Sensibilidade anal;
  • Pequenos caroços duros perto no ânus;
  • Dor anal;
  • Dificuldade em sentar;
  • Dor ao fazer esforços, esfregar, ou limpar à volta do ânus.

 

Sintomas de hemorroidas internas:

  • Sangramento nas ao evacuar, no ânus;
  • Prolapso: hemorroida interna que passa para a abertura anal, pausando mais dor e desconforto (prolapso).

 

Principais causas do aparecimento de hemorroidas

As principais causas do aparecimento de hemorroidas são:7

  • Aumento do volume sanguíneo;
  • Esforço perlongado durante a evacuação;
  • Obstipação ou diarreia recorrente;
  • Fraca ingestão de líquidos e uma dieta pobre em fibras;
  • Obesidade;
  • Enfraquecimento dos tecidos de suporte do ânus e reto;
  • Gravidez.

 

Tratamento das hemorroidas

Para que o diagnóstico da doença hemorroidária seja confirmado é importante a observação de um profissional de saúde. O tratamento precoce evita complicações graves como inflamação, trombose e prolapso, para além de diminuir o desconforto perlongado e aumentar a taxa de sucesso da terapêutica.7 

Existem medidas de precaução possíveis de praticar em casa:7

  • Alimentação rica em fibra;
  • Ingerir 2-3 litros de água por dia;
  • Não ficar sentado por longos períodos;
  • Não fazer esforços ou força;
  • Sentar numa banheira de água quente, para alívio da dor;
  • Aplicar cremes ou pomadas.

Caso os sintomas sejam de maior gravidade o tratamento deve passar por terapêuticas mais agressivas, como escleroterapia, crioterapia ou cirurgia, dependendo do grau de emergência.7

 

Tratamento não- cirúrgico

Creme Rectal – É a primeira forma de tratamento e alívio das dores, de doenças anais. A terapêutica passa por aliviar a inflamação e os sintomas através de princípios ativos como tribenosídeo, lidocaína, cloridrato de lidocaína, entre outros.8

Tenha atenção às pomadas que contêm esteroides, estas quando utilizadas por um longo período podem causar ulceração da região perianal.8

Existem no mercado pomadas que poderão ser utilizadas por grávidas ou mulheres a amamentar. Informe-se junto do seu médico.


193.2021

Referências:
1. Colon and Rectal Conditions. (n.d.). SCL Health. Retrieved May 19, 2021, from https://www.sclhealth.org/services/gastro/colon-and-rectal-conditions/hemorrhoids/
2. Lohsiriwat, V. (2012) Hemorrhoids: From basic pathophysiology to clinical management, World Journal of Gastroenterology, pp. 2009–2017. 
3. Staroselsky, A. et al. (2008) Hemorrhoids in pregnancy, Canadian Family Physician. Canadien: le Médecin de famille canadien, pp. 189–190.
4. Fernandes, V. e Camacho, A. G. (2009) Doença Hemorroidária, Revista Portuguesa de Coloproctologia, pp. 36–43.
5. Hemorroidas (2017) Biblioteca Virtual em Saúde. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/dicas-em-saude/2460-hemorroidas (Acedido: 2 de Dezembro de 2019).
6. National Institute of Diabetes and Digestive and Kidney Diseases. (2016a). Symptoms & Causes of Hemorrhoids. NIDDK. https://www.niddk.nih.gov/health-information/digestive-diseases/hemorrhoids/symptoms-causes
7. National Institute of Diabetes and Digestive and Kidney Diseases. (2016b). Treatment of hemorrhoids. NIDDK. https://www.niddk.nih.gov/health-information/digestive-diseases/hemorrhoids/treatment
8. Como tratar Hemorróidas (2018) Jaba Recordati. Disponível em: https://www.jaba-recordati.pt/procto-glyvenol/como-tratar-hemorroida (Acedido: 3 de Dezembro de 2019).