+351 21 432 95 00



Prevenir Hemorróidas

Uma alimentação equilibrada cumpre um papel muito importante na prevenção das hemorróidas (ou evitar que piorem).

Uma dieta rica em fibras previne a obstipação em pessoas que são propensas ao aparecimento de hemorróidas, amolecendo as fezes e, com isso, evitando irritação e inflamação nas paredes do canal anal. A fibra resiste à digestão e chega ao intestino grosso praticamente intacta. Uma vez ali, facilita a passagem da matéria fecal pelo intestino, o que diminui o esforço na hora de defecar. Também retém água, a qual aumenta o tamanho, a suavidade e o peso da matéria fecal, o que também ajuda a reduzir o esforço. Ao aliviar o esforço necessário à expulsão das fezes, também se previne que as hemorróidas sangrem.

Aumentar os líquidos na dieta contribui para o amolecimento das fezes, facilitando a excreção das mesmas.

As vitaminas reforçam os tecidos anais e os vasos sanguíneos, sobretudo as vitaminas A, B, B6 e C.

 

Alimentação recomendada para prevenir hemorroidas:

Líquidos

  • Aproximadamente dois litros diários.

Cereais

  • Arroz, milho, aveia, pão “escuro”.

Legumes

  • Lentilhas, feijão, favas, soja, grão-de-bico.

Frutas

  • Maçã, figo, morango, pêra, laranja, banana.

Verduras e Hortaliças

  • Cenoura, espinafre, batatas.

 

Alimentos a evitar se sofrer com crises hemorroidais

Os seguintes alimentos deverão ser evitados no caso de sofrer com crises hemorroidais:

  • Cereais não integrais: Farinhas, pastéis, “cookies”, arroz branco, pão branco.
  • Carnes, enchidos, queijo e leite.
  • Açúcar e produtos que contenham açúcar.
  • Comidas picantes e muito condimentadas ou com excesso de sal.
  • Azeitonas, sardinhas salgadas, anchovas.
  • Café e bebidas alcoólicas.

 

Exercícios aconselhados para a prevenção das hemorróidas

A actividade física é aconselhável para a prevenção das hemorróidas, pois previne a obstipação e melhora a circulação, evitando a acumulação de sangue venoso nas pernas.

Caminhar e nadar são dois dos exercícios mais recomendáveis.

Além disso, fazer exercício físico é uma forma de reduzir o peso, o que pode ajudar, uma vez que a obesidade faz com que se exerça excessiva pressão na zona inferior do corpo, o que facilita o desenvolvimento de hemorróidas.

Devemos evitar o esforço físico excessivo, como levantar objectos pesados, (já que pode provocar o inchaço das veias anais), e desportos como o ciclismo, a equitação e similares, pois exercem demasiada pressão sobre a zona anal.

 

Outros conselhos

  • Evitar coçar a zona anal, pois pode produzir lesões.
  • Durante a gravidez existe um aumento da pressão sobre as veias da zona anal, o que gera uma má circulação. Para evitá-lo, recomenda-se repousar sobre algum lado do seu corpo a cada quatro horas.
  • Não reprimir em nenhum momento o desejo natural de defecar.
  • Tentar evacuar sempre à mesma hora e evitar estar muito tempo à espera.
  • Evitar assentos que sejam muito duros ou muito suaves.
  • Controlar o stress e a ansiedade, pois assim contrai-se o esfíncter anal.
  • A posição ideal, para reeducar o intestino, é colocar-se de cócoras no chão. Assim pode fazer-se pressão abdominal, sem risco de lesionar a parede do abdómen.
  • Evitar o consumo de tabaco.

 


 

Adaptado de www.tratamentohemorroidas.com acedido a 20 de Dezembro de 2017