+351 21 432 95 00



Milão, 11 de Abril de 2014 – O Grupo Recordati foi galardoado com o Prémio Especial “Finance for Growth”, no âmbito da 10ª Edição dos Prémios M&A, patrocinados pela KPMG e Fineurop Soditic, com o apoio da AIFI e da Universidade de Bocconi.

Todos os anos, o Prémio dá destaque às Fusões e Aquisições, e ao seu impacto positivo no crescimento e nas dimensões da empresa, na capacidade de adaptação aos novos ambientes de mercado competitivos e nas actualizações tecnológicas.

O objectivo é chamar a atenção da comunidade empresarial para estas empresas de excelência, que representam um modelo de referência para a economia nacional.

“Graças às 17 aquisições em todos o mundo, ao longo dos últimos 15 anos, que contribuíram para a consolidação e o desenvolvimento da empresa, cuja facturação cresceu de 214 milhões de euros em 1998 para 941 milhões em 2013, a Recordati foi capaz de integrar Fusões e Aquisições no seu modelo de negócio, como uma vantagem competitiva e um factor de aceleração de crescimento, especialmente nos mercados internacionais. Graças às aquisições, a Recordati implementou um importante plano estratégico de diversificação geográfica em mercados de elevado potencial como a Europa de Leste, Turquia, Tunísia e os Estados Unidos da América”, refere fonte oficial da empresa.

Nelson Pires │ Diretor-Geral da Jaba Recordati.

 

Sobre a Recordati

Criada em 1926, a Recordati é um grupo farmacêutico internacional, cotado na bolsa de valores de Milão (Reuters RECI.MI, Bloomberg REC IM, ISIN IT 0003828271),com mais de 4000 colaboradores, que se dedica à pesquisa, desenvolvimento, produção e comercialização de produtos farmacêuticos.

Com sede em Milão, Itália, tem operações nos principais mercados europeus e uma presença crescente nos novos mercados da Europa Central e de Leste, na Turquia, nos Estados Unidos da América e na África do Norte.

A Recordati dedica-se à pesquisa e desenvolvimento de novos medicamentos nomeadamente na área terapêutica cardiovascular, urológica e para o tratamento de doenças raras.

 


 

14-04-2014