+351 21 432 95 00



A Jaba Recordati tem assumido que a Comunicação Interna é absolutamente estratégica no desenvolvimento e vivência da empresa. De acordo com Ana Porfírio, directora de Recursos Humanos da farmacêutica, isso acontece pois a Comunicação Interna permite o fluxo de informação transversal e nos dois sentidos, com o objectivo de alinhar a estrutura com o negócio, motivando e aumentando o engagement dos colaboradores. «Estando a maior parte dos nossos colaboradores no exterior - a força de vendas está espalhada pelo território nacional - , é fundamental investir em práticas de comunicação que garantam o acesso à informação relevante em tempo útil e que permitam o reforço da identidade, cultura e valores da companhia, desenvolvendo. o sentido de pertença.»

Na prática, a empresa tem procurado manter diferentes canais de comunicação activos de que são exemplo a TV Corporativa, o site institucional jaba.pt, recentemente renovado, assim como o lançamento da nova intranet nos primeiros meses do ano, a newsletter semestral e as reuniões trimestrais para apresentação de resultados, estratégia e cumprimentos de objectivos.

Tal como afirma a sua directora de Recursos Humanos, na Jaba Recordati acredita-se que a Comunicação Interna é a área por excelência que permite às organizações. transmitir o seu ADN, comunicar a estratégia e objectivos e motivar, procurando desenvolver o sentido de pertença dos seus colaboradores tendo, por estes motivos, um impacto na gestão das pessoas. Desta forma, e considerando a estrutura demográfica da companhia em Portugal 125 colaboradores com diferentes funções, backgrounds e idades que vão dos 20 aos 60 , foi definido que a Comunicação Interna deveria ter um foco "One to One". «Para isso têm sido desenvolvidas diversas iniciativas, tais como, a criação de espaços próprios na Newsletter Interna para partilha de experiências, uma nova intranet e sistema e-learning que facilitam o "One to One"».

 

Evolução consistente

«Temos vindo a apostar na Comunicação Interna através de dois vectores: por um lado, as novas tecnologias, de que é exemplo a reformulação da intranet, na sequência do investimento anterior no site externo jaba.pt e, por outro, o incentivo de iniciativas que promovam a auscultação de opiniões e a partilha de ideias. de que são exemplo os pequenos-almoços com o CEO e o HR on the Road, projecto de acompanhamento no exterior da equipa comercial por parte da direcção de Recursos Humanos», partilha Ana Porfírio.

Para a responsável, o facto de a empresa investir na constante partilha de informação, utilizando diferentes meios para este efeito, possibilita a mobilização da estrutura para o cumprimento da estratégia e dos objectivos definidos, garantindo o foco e o compromisso dos colaboradores a cada etapa, tornando a comunicação Interna num pilar estratégico no veículo da missão e valores da Jaba Recordati.

 

Website e Intranet | Comunicação Interna | Jaba Recordati

As mais recentes apostas em termos de Comunicação Interna foram a renovação do site e a nova intranet.

 

Eixos estratégicos

Relativamente aos eixos estratégicos em que assenta a Comunicação Interna na Jaba, o "One to One" continua a ser a principal aposta, uma vez que a empresa pretende envolver todos os seus colaboradores num objectivo comum, atendendo do mesmo modo às suas características pessoais e individuais, motivando e mobilizando todos para o cumprimento da estratégia de negócio definida pela empresa. «Assim, a nossa aposta tem passado por iniciativas transversais para todos os colaboradores, mas sobretudo por iniciativas mais segmentadas por departamento e/ ou área de negócio», revela Ana Porfírio.

O foco "One to One" foi definido como prioridade para a Comunicação Interna para os anos 2016 e 2017. «Consideramos o balanço positivo uma vez que os resultados que temos obtido nos questionários internos de clima e satisfação no apresentam valores acima dos 70% de favorabilidade, o que demonstra um reconhecimento da importância do investimento nesta área», acredita a responsável. Olhando para a Comunicação Interna como um factor crítico de sucesso, defende que desta forma «permite, por um lado, o alinhamento dos recursos com vista à obtenção de resultados e prossecução dos objectivos definidos e, por outro, o reforço da identidade da empresa, missão e valores. Com isto em mente temos apostado na diversificação dos canais de comunicação, procurando que sejam mais individualizados, não descurando a mensagem que permanece comum».

Assumindo que uma das principais apostas, e também um dos principais desafios, da Comunicação Interna é a personalização, a Jaba Recordati tem procurado ter uma política de escuta activa das suas pessoas através de diversas iniciativas que, pretende, se traduzam depois em actuações concretas. Exemplos disso são a última formação pós-graduada que a Academia Recordati promoveu junto de um grupo interdisciplinar de colaboradores após estes demonstrarem interesse e necessidade de aprofundar os seus conhecimentos na área Digital, ou mesmo os Pequenos-Almoços com o CEO, onde se recolheu e partilhou informação por departamento, tendo-se preparado em sequência um relatório e plano de acção depois apresentado a toda a empresa numa reunião geral.

 

Motivação e Compromisso

A Comunicação Interna tem por objectivo a mobilização dos recursos humanos e a consequente motivação e compromisso para com os objectivos e estratégias definidas, sendo nesse sentido, e por excelência, um agregador dos colaboradores. Com base nestas premissas, Ana Porfírio afirma que a Jaba tem procurado focar a Comunicação Interna em canais e mensagens simples, claras e o mais costurnizadas possível indo ao encontro do "One to One".

Sobre em que medida a Comunicação Interna contribui para o elevado índice de "talented internal customer retention", defende: «Apesar de não dispormos de indicadores objectivos que nos permitam medir esta correlação, acreditamos que investindo numa Comunicação Interna forte, num ambiente que promova a informação bi-direccional, onde os colaboradores estão comprometidos, motivados e focados na estratégia e na obtenção resultados, demonstrando os princípios e os valores da companhia e reconhecendo como o seu contributo e função contribuem para o cumprimento da estratégia, contribuirá para a manutenção de um índice de "talented internal customer retention" elevado».

Na Jaba as iniciativas mais colaborativas são aquelas que promovem a mobilização para um objectivo comum, seja um projecto através de reuniões de brainstorming, seja de carácter social, através das iniciativas da Recordati Quer. «Já as de maior impacto são as que reúnem todas a companhia com o objectivo de comunicar resultados ou celebrar sucessos», conta Ana Porfírio.

 

Motivação e Compromisso | Comunicação Interna | Jaba Recordati

Apostando na personalização, a Jaba Recordati tem procurado ter uma política de escuta activa das suas pessoas.

 

Eficácia na comunicação

Nos últimos anos, assistiu-se a uma grande.evolução ao nível das ferramentas disponíveis para comunicar com os colaboradores. Na Jaba acredita-se que o investimento que tem sido feito na renovação do site jaba.pt e da intranet, assim como outras iniciativas, tem reforçado não só a eficácia da comunicação como a mobilização dos colaboradores para os objectivos que são de todos. «As novas tecnologias proporcionam um terreno comum, com liberdade de acesso a qualquer hora e a partir de qualquer lugar. Foi neste pressuposto que temos procurado dotar os nossos profissionais com as ferramentas informáticas que lhes permitam estar sempre e em qualquer lugar em contacto com a companhia», sublinha Ana Porfírio, reforçando que «o pacote de instrumentos de trabalho inclui PC, tablet, smartphone, pacote de dados para telemóvel e equipamentos informáticos».

Ana Porfírio defende que «a existência de espaço para a criatividade é fundamental para qualquer organização na medida em que potencia a adaptação às constantes alterações de mercado e clientes. Neste sentido continua , procuramos ter canais de comunicação em disponibilidade permanente, assim como actividades específicas durante as nossas reuniões, onde os nossos colaboradores têm oportunidade de discutir e apresentar ideias, outras abordagens ao negócio, metodologias, etc».

 

O Futuro

Relativamente aos próximos tempos, o maior objectivo da Jaba passa por reforçar a componente "One to One" da Comunicação Interna. «Para isso estamos a desenvolver ferramentas tecnologias que associem imagem e som à nossa forma de comunicação com todos os colaboradores, de forma a aproximar ainda mais quem está a 600 quilómetros de distância da sede», elucida a responsável. No que diz respeito a este ano, a empresa tem ainda alguns projectos do Recordati Quer, o programa de responsabilidade social, e a reunião comercial que se realiza em Setembro. Sobre o futuro, Ana Porfírio «prevê uma verdadeira revolução nesta área, atendendo à profusão do digital também na Comunicação Interna». No entanto, reforça que «tendo como foco que esta Comunicação é de e para pessoas, não se pode cair no erro de desumanizar a comunicação».

 


 

In Human Resources Portugal | 01-09-2017