O sucesso pode ser medido das mais diferentes formas, mas nas empresas traduz-se, a mioria das vezes em longevidade e crescimento, fruto de urna boa gestão dos recursos, talento e capacidade de adaptação e transformação.

Os CTT dispensam apresentações. São quase 500 anos de história, diariamente na vida dos portugueses, com reconhecimentos internos e externos, fruto do trabalho que tem desenvolvido. Tem sabido transformar o negócio e adaptá-lo às necessidades, seja através da incorporação de tecnologia nos anos mais recentes para dinamizar e reforçar a relação com os clientes ou da criação de novos serviços e produtos para facilitar a vida dos mesmos. A solidez financeira, o negócio do correio com rentabilidade atractiva e líder em Portugal, uma contínua gestão operacional eficiente, uma equipa de gestão qualificada e colaboradores com vasta experiência no sector, são apenas algumas das vantagens competitivas que decorrem da sua história e posição única no mercado. A sua capacidade de reinvenção e de integração de inovação levaram a que inclusive recebesse recentemente o Prémio Excelência Logística 2017, pelo projecto da Nova Arquitectura da Rede de Produção e Logística. Além disso, a preocupação com a sustentabilidade é outra das características da empresa que é pioneira em Portugal na utilização de electricidade 100% renovável em todos os consumos da companhia.

 


500 ANOS DE HISTÓRIA

OS CTT, COM QUASE 500 ANOS DE HISTÓRIA, ENTRAM DIARIAMENTE NA VIDA DOS PORTUGUESES, COM RECONHECIMENTOS INTERNOS E EXTERNOS, FRUTO DO TRABALHO QUE TEM DESENVOLVIDO


 

Na Jaba Recordati, a filial portuguesa da Recordati Group, o reconhecimento pela casa-mãe do trabalho desenvolvido em Portugal traduziu-se em novos negócios, com a responsabilidade pelos mercados dos PALOP onde o grupo está presente. Nada é fruto do acaso. As três premissas que guiam a farmacêutica - produtos, pessoas e processos - são a fonte do seu crescimento e consequente sucesso. Mesmo como desafio do peso reduzido do país no mercado farmacêutico global, a Jaba Recordati diferencia-se por manter o centro de decisão em Portugal - ganhou inclusive o mercado do Reino Unido e Irlanda -, por tentar lançar produtos inovadores e continuar a investir no país. Além disso, tem consciência do seu papel no desenvolvimento da sociedade, pelo que retribui com iniciativas cujo impacto se reflecte na melhoria do bem-estar de pessoas e instituições.

 


NA JABA RECORDATI, A FILIAL PORTUGUESA DA RECORDATI GROUP, O RECONHECIMENTO DO TRABALHO DESENVOLVIDO EM PORTUGAL TRADUZIU-SE EM NOVOS NEGÓCIOS, COM A RESPONSABILIDADE PELOS MERCADOS DOS PALOP


 

Ser diferenciador é um dos apanágios da Lift, uma agência de comunicação de vanguarda nas palavras do CEO, Salvador da Cunha. O mercado das relações públicas tradicionais tem mudado muito nos últimos anos e a Lift tem conseguido acompanhar essa mudança e muitas vezes antecipá- la, criando novas áreas de negócio como o Digital, Conteúdos, Influencer Marketing ou Activação, em prol da melhoria do serviço ao cliente. O Digital foi a área que mais cresceu este ano, mas a próxima tendência serão os conteúdos, o vídeo e as campanhas, antecipa a empresa. A responsabilidade social corporativa, a inovação social e o employer branding são também áreas em que o grupo se revê, incentivando estas práticas no seio das suas empresas e dos seus clientes.

Uma ideia inovadora no final da década de 70 deu lugar à maior competição de estratégia e de gestão do inundo. O Global Managernent Challenge, da SDG, está actualmente presente em 32 países e não vai ficar por aqui. Já está em negociações para incluir Moçambique, Mali, Libéria, Timor-Leste, Austrália e Nova Zelândia no rol de mercados que vão poder contar com a competição e reforçar assim a internacionalização. O segredo do seu sucesso é a contente adaptabilidade do simulador aos temas prementes da actualidade, seja geopolítica ou económica. De tal forma que anualmente participam cerca de 5500 equipas nesta competição. Além do GMC, a SDG tem outras duas linhas de negócio: a Formação e o Global Investment Challenge, cuja internacionalização já está a ser pensada.

Em 30 anos de vida, a Verallia Portugal alinhou a sua estratégia com as necessidades crescentes do mercado, sem esquecer a poupança de recursos ambientais, segurança e sustentabilidade.

A multinacional de fabrico e comercialização de vidro de embalagem, sediada na Figueira da Foz, a par dos desenvolvimentos tecnológicos que têm incrementado a produção, criou urna cultura de boas práticas pessoais, onde cada um dos colaboradores pode desenvolver continuamente as suas capacidades, com enfoque na saúde, segurança e bem-estar.

Mas as boas práticas ambientais também são parte central da empresa e continuarão a ser uma prioridade na Verallia Portugal, já que é necessário garantir que os produtos não interferem com a Natureza desde a sua criação até ao momento em que são reciclados. Estas práticas estendem- se a todos os Sistemas de Gestão pelos quais a empresa se encontra certificada.

 


 

Fonte: Executive Digest | 01-12-2017