Desportos de mar

06 OUTUBRO 2020
Desportos de mar

Adeus, cansaço físico e stress

Corria o ano de 2015 quando a Jaba Recordati (companhia farmacêutica que comercializa produtos inovadores em diferentes áreas terapêuticas, que está presente na área dos suplementos alimentares e biológicos e no mercado dos produtos de venda livre), através da marca Guronsan®, se associou aos desportos do mar, em concreto à vela.

«Começámos por apoiar uma equipa que competia normalmente na classe de cruzeiros nas principais provas do calendário nacional, o "Pede Vento"/Guronsan®», recorda Rui Rijo Ferreira, director de Marketing da Jaba Recordati.

Uma equipa que obteve excelentes resultados, conquistando diversos troféus e alguns títulos nacionais, onde se destaca o título de número um do Ranking ORC divisão Bem 2017. Em 2018, a equipa mudou de barco e Guronsan® acompanhou esta mudança, iniciando-se assim uma nova parceria: "Pede Mar"/Guronsan®".

Anteriormente a Jaba Recordati apoiara esta modalidade com a marca TransAct®, uma vez que a experiência estava a correr bem e com resultados positivos, a introdução de Guronsan® neste território foi natural.

Desde o início da parceria "Pede Mar"/Guronsan®, os objectivos são um pouco mais abrangentes. Para além das competições usuais com tripulação completa, o projecto "Pede Mar"/Guronsan® aposta também no circuito para tripulações reduzidas a dois tripulantes. Isto é, explica Rui Rijo Ferreira, «um veleiro que normalmente é tripulado por equipas entre os seis e 12 tripulantes é, neste circuito em particular, tripulado por apenas dois, aumentando assim o nível de exigência aos dois tripulantes».

A tripulação do "Pede Mar"/Guronsan® é composta por dez velejadores de diferentes estádios etários e diferentes experiências, cada um desempenhando uma função específica a bordo. O núcleo duro composto pelo Skipper (que acumula com a função de homem do leme, responsável pela condução do barco) e pelo Tático (responsável por toda a manobra e pelas opções tácticas em regata), navegam juntos há mais de 10 anos.

Mas os restantes elementos têm mudado ao longo do tempo, sendo que no presente os Trimmers (quem manobra as velas) da Vela Grande, da Genoa (vela da proa) do spi (vela em balão) e o Homem do Piano (chama-se desta forma porque à sua frente tem uma série de cabos que tem de manusear dispostos como teclas e que condicionam quase toda a restante manobra) estão na tripulação há três anos.

Os restantes, o Proa (posição mais avançada e mais radical e exigente fisicamente) e o Mastro (parceiro do proa, mas cuja função se posiciona junto ao mastro, sendo o responsável pela manobra de içar e arriar velas) vão fazer a sua segunda época.

«Dá facilmente para perceber, pela descrição das posições a bordo, que a tripulação tem de estar bem afinada e coordenada para durante o stress da regata e debaixo das diversas condições atmosféricas, tudo funcionar na perfeição, sem acidentes e com um elevado nível de eficácia, que permita suplantar as tripulações concorrentes», comenta o director de Marketing da empresa.

E sempre que a situação se proporciona, o "Pede Mar"/Guronsan® leva convidados. No entanto, o número nunca pode ser elevado para não comprometer o desempenho da tripulação. «Na sua maioria procuramos convidar pessoas com alguma relação com a marca e uma apetência por desportos ao ar livre», conta o mesmo responsável. Aliás, em 2019, na Madeira, durante o Campeonato de Portugal de Cruzeiros, a tripulação contou sempre com alguns convidados de Guronsan®.

O objectivo foi proporcionar uma experiência de vela de competição.

Para isso, «os convidados foram integrados na tripulação e participaram em todas as actividades como qualquer outro tripulante. Seguramente foi uma experiência inolvidável para cada um deles», defende.

Apesar de Guronsan® ter um elevado nível de notoriedade, está ainda muito associado à "ressaca". Com a associação à actividade física e à vela em particular, a marca está a reposicionar-se como um produto cuja acção desintoxicante e estimulante aporta benefícios em situações de cansaço físico e stress. No fundo, situações do quotidiano de qualquer pessoa, desportista ou não.

A marca acredita estar a impactar não só os velejadores, mas também todos aqueles que acompanham as actividades náuticas. Um target que se situa na faixa dos 16 aos 80 e que gosta de actividade física.

Um target que se enquadra perfeitamente no target geral da marca.

Hoje, no meio da vela, Guronsan® é uma marca "cool". «E por se tratar de uma marca já com muitos anos de mercado, é curioso ouvirmos os mais velhos recordarem os tempos em que consumiam o produto para a ressaca e hoje referirem que o consomem para ajudar a manter a forma e eliminar o cansaço físico e mental», conta o director de Marketing da Jaba Recordati.

Ao fim de cinco anos de associação da marca Guronsan® à área da vela, o balanço que a Jaba Recordati faz é positivo. «Embora seja difícil quantificar um investimento deste tipo isoladamente, verificamos que Guronsan® é uma marca com um elevado e renovado nível de notoriedade neste target. Por outro lado, quando a marca está exposta numa área como a vela grande de um veleiro, ela é visível não só para quem está a assistir ou a participar numa regata, mas também para todos os que passam», defende.

E há que lembrar que a vela é um desporto para todas as idades.

Ao contrário de muitos outros desportos, o nível competitivo na vela mantém-se ao longo da idade.

Uma criança de oito anos que concorra na classe Optimist poderá alcançar um nível competitivo tão exigente como um adulto de 80, que compete, por exemplo, na classe Dragão.

Por outro lado, sublinha o director de Marketing da Jaba Recordati, «a vela é um desporto de resistência física e intelectualmente muito exigente.

Para além de lidar com o esforço físico provocado pelos elementos mar e vento, o velejador terá de permanentemente estar a avaliar diversas variáveis técnicas e tácticas. Guronsan® é a resposta perfeita para este tipo de exigências, cansaço físico e stress intelectual acumulados».

 

Uma época atípica

Em 2019 o "Pede Mar"/Guronsan® participou nas principais provas dos calendários ANC e ORC, incluindo eventos como o Cascais Vela ou o Campeonato de Portugal ORC. «As classificações foram as esperadas para uma equipa recente. Geralmente, a meio da tabela, mas com uma tendência claramente positiva. Este ano, logo em Janeiro alcançámos um pódio no Troféu Pedro Mendonça e após o confinamento novo pódio no Mirpuri Foundation, Sailing Trophy», sublinha o responsável da empresa.

Nesta regata, organizada pelo Mirpuri Foundation, houve cobertura mediática e algum destaque ao pódio alcançado pelo "Pede Mar"/Guronsan®. A marca comunicou igualmente nas redes sociais a prestação do veleiro e nas páginas do Instagram e do Facebook do "Pede Mar" a cobertura foi total.

A 15 de Março todos os eventos de vela programados ficaram suspensos e a actividade náutica interdita até meados de Junho. As provas previstas para este período foram canceladas ou adiadas. As equipas não puderam treinar e o calendário para o resto do ano ficou superlotado, obrigando as equipas a fazer opções. Em Setembro recomeça a competição. No caso do "Pede Mar"/GuronSan® contam participar em Setembro na regata Fernão Mendes Pinto a dois tripulantes e na regata do Ambiente em ORC. A época de vela 2020 termina em Outubro

Este está a ser, por razões óbvias, um ano atípico. Muito do que estava previsto ou não se concretizou ou foi adiado. «Por isso, é um ano onde o objectivo é minimizar estragos», diz o director de Marketing. Em 2021, a marca espera ter uma maior presença nos desportos de mar e não só.

A marca Guronsan® está a equacionar outro tipo de apoios, nomeadamente numa equipa de topo de vela ligeira, «procurando chegar assim a um público maioritariamente mais jovem e mais radical», conta o responsável. A par disso está a ser estudada a associação da marca ao surf. «Estamos também aqui a analisar algumas propostas.»

 


 

GURONSAN® - Medicamento não sujeito a receita médica indicado para: tratamento sintomático das astenias funcionais; intoxicações endógenas e exógenas (tabagismo etilismo); intolerâncias medicamentosas; anorexias. Não utilizar em caso de alergia à substância activa ou a qualquer dos excipientes. Contém 570 mg sódio em 1 comprimido, equivalente a 28,5% da dose diária máxima recomendada pela OMS para o sódio.Pode provocar insónias. Ler cuidadosamente as informações constantes do acondicionamento secundário e do folheto informativo e, em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, consultar o médico ou farmacêutico.

Jaba Recordati, S.A., Av. Jacques Delors, Ed. Inovação 1.2, Piso 0, Taguspark 2740-122 Porto Salvo, Tel. 214 329 500, Fax: 219 151 930, www.jaba-recordati.pt, NIF.500492867.

 

Fonte: Marketeer