Tabagismo

O tabagismo faz com que entrem no organismo uma série de substâncias tóxicas e nocivas para a saúde.1

Um cigarro, por exemplo, contém cerca de 4.000 substâncias com efeitos tóxicos e irritantes, 70 das quais mencionadas como cancerígenas:1

  • A nicotina;
  • Substâncias radioativas (como Polónio 210 e Carbono 14);
  • Metais pesados (como o chumbo e o cádmio) que se concentram no fígado, rins e pulmões;
  • Monóxido de carbono, que assume o lugar do oxigénio conduzindo à intoxicação do organismo;
  • Alcatrão (altamente cancerígeno).

A melhor forma de retirar do organismo estas substâncias, é, em primeiro lugar, a prevenção, ou seja, a redução gradual do número de cigarros diários fumados, até à sua total exclusão.1

 

Referência: 148.2020

Bibliografia:

1Tabagismo (sem data) Fundação Portuguesa Cardiologia. Disponível em: http://www.fpcardiologia.pt/saude-do-coracao/factores-de-risco/tabagismo/ (Acedido: 4 de Agosto de 2020).