Diagnóstico de Doenças Gastrointestinais

Métodos de Diagnóstico de Doenças Gastrointestinais (cólon e recto)

Existem vários exames de diagnóstico de doenças do colon e recto. Estes estão divididos em 2 grupos principais.1

  • Testes às Fezes - verificam se há indícios do aparecimento de cancro no trato gastrointestinal (sobretudo quando há sangramento). É um teste menos invasivo, no entanto é necessário que seja realizado com mais frequência, e, com potencialidade para uma elevada percentagem de falsos negativos.1
  • Exames Estruturais - exames onde é verificada a estrutura do cólon e do recto. É feito com um osciloscópio, instrumento com uma pequena camara de vídeo que é introduzido através do recto ao longo do intestino grosso até ao cego (dependendo do tipo de exame realizado).1

 

Testes às fezes

  • Teste de Sangue Oculto nas Fezes;1
  • Teste Imunoquímico Fecal;1
  • Teste de DNA de Fezes.1

 

Exames estruturais

Todos os procedimentos exigem um intestino limpo, pelo que uma limpeza eficiente do intestino será uma etapa essencial para obter resultados de alta qualidade.1

 

Colonoscopia

 A colonoscopia é um exame usado para detetar alterações ou anormalidades no intestino grosso (colon) e recto. O teste dura aproximadamente 30 minutos, mas é possível demorar mais caso sejam encontrados e removidos pólipos. Se o pólipo for encontrado e removido para biópsia, poderá ocorrer um ligeiro sangramento nas fezes nos dias seguintes.1

Para que o diagnóstico seja feito, é inserido no recto um tubo longo e flexível, com uma pequena camara de vídeo na ponta, que permite ao médico ver o interior do cólon.

Quando necessário, o colonoscópio permite a passagem de instrumentos (tais como tesouras, clips, pinças, etc.) para remover a área de aparência suspeita ou retirar amostras para análise.1

Para obter resultados de alta qualidade padrão e um diagnóstico preciso, é crucial realizar uma limpeza eficiente do intestino. Esta pode ser feita através de medicamentos (evacuantes intestinais) associados a uma maior ingestão de líquidos.

Uma dieta pobre em fibras nos dias que antecedem o exame também é necessária e crucial para a qualidade da limpeza intestinal e consequentemente do exame.

Paralelamente a isso, após o início da toma dos medicamentos para a limpeza intestinal não se pode ingerir mais alimentos sólidos ou líquidos. Só se devem ingerir líquidos claros. 1

A colonoscopia é um procedimento comum e seguro.

 

Colonoscopia Virtual

A colonoscopia virtual é uma técnica de imagem não invasiva, que usa um software sofisticado para produzir imagens tridimensionais do cólon e do recto. Um scanner faz duas passagens através do paciente, com o mesmo virado para cima e para baixo, e de seguida faz uma reconstituição do cólon em 3D.1

Embora o teste não seja tão invasivo, é igualmente necessário fazer uma preparação do intestino. Também durante o exame é colocado um tubo pequeno e flexível no reto para preencher o cólon e o reto com ar, e facilitar a identificação de pólipos. Caso sejam identificados pólipos é necessário recorrer posteriormente a uma colonoscopia para removê-los.1

Os efeitos colaterais associados à colonoscopia virtual passam por inchaço ou cãibras, devido ao ar que se encontra no cólon. Também é possível sentir alguma inflamação e como em qualquer outra tomografia computorizada, este teste expõe o utente a uma pequena quantidade de radiação.1

 

Sigmoidoscopia

A sigmoidoscopia, também conhecida por sigmodoscopia flexível, é um procedimento onde o médico examina a parte do inferior do colon com um tubo flexível e iluminado de 60 centímetros, com a espessura de um dedo, e uma pequena camara de vídeo no final. O sigmoidoscópio é inserido no anús e movido para a parte inferior do cólon.1

 

Enema de Bário

Enema de bário, também conhecido por raio-x do cólon, é um procedimento médico usado para examinar e diagnosticar anormalidades do intestino grosso.2

O enema é realizado com a introdução de bário (substância metálica) no recto. O bário preenche o cólon uniformemente e mostra o contorno intestinal, a permeabilidade e a posição.2

Quando proceder ao exame recomendado pelo seu médico, tire todas as dúvidas com o profissional de saúde e certifique-se que está confortável com o método de rastreio adoptado.1

 


 

Referências

1. Colorectal Cancer Screening Tests (2017) American Cancer Society. Disponível em: https://www.cancer.org/cancer/colon-rectal-cancer/detection-diagnosis-staging/screening-tests-used.html (Acedido: 23 de Junho de 2020).

2. Marium Enema (2020) Mayo Clinic. Disponivel em: https://www.mayoclinic.org/tests-procedures/barium-enema/about/pac-20393008 (Acedido: 23 de junho de 2020).