+351 21 432 95 00




O QUE É O EGOSTAR® E COMO ACTUA?

Egostar® é um medicamento comercializado sob a forma de comprimidos revestidos por película, com a classificação farmacoterapêutica de vitaminas lipossolúveis, com o composto colecalciferol (Vitamina D3). Egostar® está indicado na prevenção e tratamento da deficiência em Vitamina D, em adultos.

O mecanismo de ação de Egostar® baseia-se no componente Colecalciferol (Vitamina D3), o qual é importante para a homeostase do cálcio e para a saúde do esqueleto. A sua função principal é aumentar a eficiência da absorção de cálcio a partir do intestino delgado. A vitamina D também melhora a absorção do fósforo do intestino delgado distal. A absorção adequada de cálcio e fósforo do intestino é importante para a mineralização óssea adequada. A segunda função principal da Vitamina D é o envolvimento na maturação de osteoclastos, que reabsorvem o cálcio a partir dos ossos. A presença da bílis é essencial para a absorção intestinal adequada; a absorção pode estar diminuída em doentes com diminuição da absorção dos lípidos.

Adicionalmente, a Vitamina D tem outras funções importantes em tecidos não primariamente relacionados com o metabolismo mineral. Um exemplo é o sistema hematopoiético, em que a vitamina D afeta a diferenciação e a proliferação celular. A Vitamina D participa também no processo de segregação de insulina. O metabolito ativo da vitamina D, 1,25 (OH)2D, regula a transcrição de um grande número de genes através da ligação a um fator de transcrição, o recetor da vitamina D (RVD).


Como tomar Egostar®?

Tome Egostar® exatamente como indicado pelo seu médico ou farmacêutico. A duração do tratamento dependerá da indicação, da severidade da doença e da resposta do doente ao tratamento. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas. 

População pediátrica: este medicamento não deve ser administrado em crianças. 

Doentes com insuficiência renal: este medicamento deve ser administrado com precaução em doentes com doença renal, não devendo ser administrado em doentes com insuficiência renal grave.

 

RELACIONADO: