+351 21 432 95 00




O QUE É A LOVASTATINA JABA MG E PARA QUE É UTILIZADA

Indicações terapêuticas

Redução de níveis elevados de colesterol total e de colesterol LDL, em doentes com hipercolesterolemia primária, quando a resposta à dieta e a outras medidas não farmacológicas isoladas se mostrou inadequada.

A lovastatina diminui o colesterol total e o colesterol LDL ("mau" colesterol), e eleva o colesterol HDL ("bom" colesterol); portanto, a lovastatina diminui as razões entre colesterol total e colesterol HDL e entre colesterol LDL e o colesterol HDL:

- Redução de níveis elevados de colesterol em doentes com hipercolesterolemia e hipertrigliceridemia combinadas, quando a hipercolesterolemia é a anormalidade mais preocupante.

- Retardamento da progressão do processo aterosclerótico das coronárias, em doentes com doença coronária e colesterol sérico total superior a 220 mg/dl (5,7 mmol/l).

Lovastatina Jaba MG 20 mg comprimidos é utilizado para reduzir o nível elevado de colesterol no sangue, ou para atrasar a progressão de uma doença chamada Aterosclerose (espessamento das artérias que alimentam o coração) ou Doença Coronária.

Lovastatina Jaba MG 20 mg comprimidos reduz a produção de colesterol pelo fígado e aumenta a remoção de colesterol da corrente sanguínea para o fígado.

Por outras palavras, Lovastatina Jaba MG 20 mg comprimidos reduz significativamente o colesterol "mau" das LDL e aumenta o colesterol "bom" das HDL.

Ao combinar lovastatina com a dieta, poderá controlar a quantidade de colesterol ingerida e a que o seu organismo produz.

 

Não tome Lovastatina Jaba MG:

- Se tem alergia à lovastatina ou a qualquer outro componente deste medicamento

- Se lhe foi diagnosticada uma doença ativa de fígado

- Se está a tomar mibefradil, um medicamento para tratar a pressão arterial elevada ou reduzir certos tipos de dor no peito (angina de peito).

- Se está grávida ou a amamentar.

Confirme com o seu médico ou farmacêutico antes de tomar Lovastatina Jaba MG, se tem insuficiência respiratória grave. Enquanto estiver a tomar este medicamento o seu médico irá avaliar se tem diabetes ou está em risco de vir a ter diabetes. Estará em risco de vir a ter diabetes se tem níveis elevados de açúcar e gorduras no sangue, excesso de peso ou pressão arterial elevada.

 

O que devo saber sobre colesterol elevado e doença coronária?

O colesterol elevado no sangue resulta de muitos fatores, como por exemplo, a alimentação rica em gorduras saturadas, certas doenças ou condições genéticas a falta de exercício.

O colesterol encontra-se principalmente sob duas formas. O LDL-colesterol e o HDLcolesterol. O fígado é o órgão que, em condições normais, produz e regula os níveis de LDL-colesterol e HDL-colesterol.

O LDL-colesterol é chamado de colesterol "mau" porque adere às paredes dos vasos sanguíneos, podendo obstruí-los. Por outro lado, o HDL-colesterol é chamado o colesterol "bom", porque se crê que remove o colesterol "mau" dos vasos sanguíneos.

A acumulação de colesterol "mau" pode obstruir a passagem de oxigénio e dos nutrientes para o coração, causando doença coronária.

Esta obstrução poderá conduzir a dor no peito (chamada angina de peito) e ataque cardíaco.

A redução dos níveis elevados de colesterol no sangue poderá diminuir a acumulação de colesterol nas paredes dos vasos sanguíneos, reduzindo as probabilidades de ter uma doença coronária.

A doença coronária pode ter muitas causas.

 

As probabilidades de ter doença coronária aumentam se:

- Tem colesterol elevado

- Tem pressão arterial elevada

- Fuma

- Tem diabetes

- Tem excesso de peso

- Tem familiares com doença coronária

- É do sexo masculino

- Está na fase pré-menopausa

As primeiras cinco causas podem ser controladas por si.

 

O que devo fazer para me manter saudável e reduzir os riscos de uma doença coronária?

Páre de fumar: o tabaco aumenta as suas probabilidades de ter um ataque cardíaco.

Faça exercício físico: ajuda a aumentar os níveis de colesterol "bom" e a reduzir as probabilidades de ter uma doença coronária. Peça conselho ao seu médico antes de iniciar o exercício.

Vá ao médico regularmente. O seu médico medirá o seu colesterol. Tome a sua medicação.

Cumpra o tratamento aconselhado pelo seu médico, a fim de poder manter o seu colesterol controlado.

Cumpra a dieta recomendada pelo seu médico. A dieta ajudá-lo-á não só a reduzir o colesterol, mas também o seu peso (caso seja indicado).

A maioria das pessoas não tem sintomas imediatos de colesterol elevado. O seu médico poderá medir-lhe o colesterol através de uma simples análise ao sangue.

Mantenha as consultas regulares com o seu médico, para que ele possa medir o seu colesterol e indicar-lhe a melhor maneira de o controlar.

 

Advertências e precauções

Fale com o seu médico antes de tomar Lovastatina Jaba MG sobre quaisquer problemas de saúde que possa ter, ou já tenha tido, e sobre as suas alergias.

Se foi informado pelo seu médico que tem intolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.

Crianças e adolescentes: Lovastatina Jaba MG 20 mg comprimidos não é recomendado para crianças.

Outros medicamentos e Lovastatina Jaba MG: Informe o seu médico se estiver a tomar, tiver tomado recentemente, ou se vier a tomar outros medicamentos.

 

Qual a composição de Lovastatina Jaba MG

- A substância ativa é a lovastatina. Cada comprimido contém 20 mg de lovastatina.

- Os outros componentes são: latose mono-hidratada, amido pregelificado, celulose microcristalina, butil-hidroxianisol (E320), indigotina (E132) e estearato de magnésio.

 

Qual o aspeto de Lovastatina Jaba MG e conteúdo da embalagem

Apresenta-se em blisters de PVC/Alumínio e encontra-se disponível em embalagens de 20 e de 60 comprimidos.

Natureza e conteúdo do recipiente: Blisters de PVC/Alumínio.

É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.