+351 21 432 95 00



Milão, 16 Agosto de 2016

A Recordati acaba de anunciar que o Presidente e CEO da empresa, Giovanni Recordati, acaba de falecer após doença prolongada. Giovanni Recordati era CEO da empresa desde 1990, bem como Presidente do Conselho de Administração desde 1999. Sob sua gestão o grupo cresceu vigorosamente, posicionando-se como um importante player a nível internacional, com filiais na Europa, América do Norte, América do Sul e Norte de África, com forte posicionamento no segmento das doenças raras.

“Sob a liderança voltada para o futuro de Giovanni Recordati o grupo desenvolveu-se significativamente, e nesse sentido o seu falecimento é uma perda dolorosa e um momento muito triste para o Grupo, seus colaboradores e parceiros ", declarou Alberto Recordati, Vice-Presidente. "O maior crescimento do Grupo, em linha com a estratégia de desenvolvimento delineada pelo nosso Presidente e promovida durante todos estes anos, continuará a ser executada com determinação e será a nossa prioridade", declarou Andrea Recordati, Chief Operations Officer.

Giovanni Recordati era licenciado em engenharia química pela Politecnico di Milano e mestre em Ciências de Gestão do Imperial College London. Juntou-se à Recordati em 1974 como investigador. Em 1980, foi nomeado Diretor de Produção central e, em 1984, como Diretor Geral Adjunto de Operações e Investigação. Em 1990, foi nomeado Chief Executive Officer, responsável pela gestão das atividades operacionais das empresas italianas e internacionais do Grupo. Era membro do Conselho de Administração desde 1977. Assumiu o cargo de presidente em 1999, Diretor Executivo desde 1990 e Diretor Geral da Recordati S.p.A.


Sobre a Jaba Recordati

A subsidiária portuguesa da multinacional farmacêutica de origem italiana, Recordati, que fatura cerca de 1.047 milhões de euros por ano, foi responsável em 2015 por um volume de negócios de 39 milhões de euros, correspondente a 3,7% da faturação global do grupo Recordati.

A Jaba Recordati emprega em Portugal 132 pessoas e ocupa o 15º lugar no ranking farmacêutico IMS Health, que conta com mais de 200 empresas a operar em Portugal (representa 1,8% do mercado nacional).

A Jaba Recordati atua em quatro áreas de negócio, produtos inovadores sujeitos a prescrição médica, genéricos, produtos de venda livre e "medicamentos órfãos" (medicamentos para doenças raras). As principais áreas terapêuticas são a cardiovascular, urologia, a dor, gastroenterologia, pediatria, OTC e genéricos. Implementa uma estratégia de diversificação de mercados e negócios para além daqueles onde está a operar nos PALOP, como Angola, Moçambique e Cabo Verde e onde está presente mais recentemente, como a Nigéria e Guiné-Bissau e tem em avaliação um novo destino em 2017.