+351 21 432 95 00



A OBSTIPAÇÃO INFANTIL (OU PRISÃO DE VENTRE INFANTIL) 

Na criança muitas vezes o problema de obstipação (ou prisão de ventre) aparece, mais frequentemente, durante as mudanças no seu quotidiano, como por exemplo na introdução de elementos sólidos na alimentação, ao retirar a fralda ou quando começam a ir para a creche ou escola. 

É extremamente importante que a alimentação da criança seja equilibrada, com muitas verduras e que haja muita ingestão de líquidos.

Para além disso, é muito importante que a criança se habitue a ir todos os dias à casa de banho, preferencialmente à mesma hora para criar rotinas, que adopte uma posição adequada para facilitar a dejeção, etc.

A obstipação na criança é tão comum como no adulto.

A tabela em epígrafe ilustra a “Escala de Bristol”. Esta é uma escala médica utilizada para classificar as fezes humanas, e serve para medir o grau de obstipação do paciente - desde a desinteria, passando pelo estado normal, e percorrendo a obstipação mais ou menos severa, até à obstipação cónica. Caso a criança se encontre obstipada (com prisão de ventre), as fezes encontram-se geralmente entre o tipo 1 e o tipo 2. 

 

COMO PREVENIR A OBSTIPAÇÃO INFANTIL?

A melhor maneira de prevenir, e por vezes tratar, a obstipação infantil consiste numa combinação de exercício físico adequado, uma dieta rica em fibra e o uso esporádico de medicação adequada, como é o caso do laxante Microlax®.

Os vegetais, as frutas e o farelo são excelentes fontes de fibra.

Muitas pessoas consideram útil ingerir, duas ou três vezes por dia, duas ou três colheres de sopa de farelo integral ou de cereais com alto teor em fibra.

Para que seja eficaz, a fibra deve ser acompanhada pela ingestão abundante de líquidos.

Quando se sofre de obstipação infantil é importante evitar alimentos como batatas e féculas, pão branco, bolos ou pastelaria branca e massas não cozinhadas com farinha de trigo integral.

Deve se ainda evitar também comer bananas e maçãs e optar antes por ameixas e kiwis, por exemplo.  

O consumo regular de água e em quantidade adequada é fundamental para prevenir esta patologia. 

É extremamente importante que a alimentação seja equilibrada e diversificada, com muitas verduras e ingestão de líquidos.

 

COMO TRATAR A OBSTIPAÇÃO INFANTIL?

Quando as medidas de prevenção geral e de cuidados adicionais com a dieta e exercício físico da criança não solucionam o problema de obstipação infantil, é necessário recorrer ao uso do laxante Microlax® ou do laxante Casenlax®.

Microlax® está indicado no tratamento sintomático da obstipação retal ou reto-sigmóideia (prisão de ventre, obstipação ou intestino preso), encopresis (excreção involuntária das fezes), obstipação durante a gravidez, obstipação associada ao parto e cirurgia (uso pré e pós-operatório) e preparação do reto e sigmóide para exames endoscópicos.

Evitar a utilização de Microlax® no caso de congestão hemorroidária, fissuras anais ou retais e colites hemorrágicas.

Medicamento não sujeito a receita médica.

Ler cuidadosamente as informações constantes do acondicionamento secundário e do folheto informativo e, em caso de dúvida ou de persistência dos sintomas, consultar o seu médico ou farmacêutico.