+351 21 432 95 00



Higiene Oral

Higiene Oral em Bebés e Crianças

Até ao nascimento dos primeiros dentes do bebé, deve-se limpar as gengivas, bochechas e língua com um pano ou gaze húmida, pelo menos duas vezes por dia, mas, especialmente, antes de ir dormir.

Também pode ser usada uma dedeira própria, porém ela só é recomendada a partir dos 3 meses de idade.

Dedeiras e pano para higiene bucal

Exemplos de dedeiras e pano, respectivamente, para higienização bucal

 

A visita ao dentista deve ser realizada assim que nasce o primeiro dente, independentemente de haver sintomatologia ou não, de modo a oferecer aos pais instruções para o cuidado oral e dieta não cariogénica.1

A escovagem dos dentes pode ser feita a partir de 1 ano, com escova de dentes macia e pasta infantil com flúor. A quantidade usada na escova deve ser equivalente apenas a uma ervilha. Mesmo que haja deglutição não há risco para a saúde da criança. Essa limpeza é fundamental para evitar que a criança tenha cáries.

 

Escovas de dentes infantis | Criança a proceder à escovagem dos dentes

da esquerda para a direita: escovas de dentes infantis | quantidade de pasta a utilizar | criança a proceder à escovagem dos dentes

 

Com 3-4 anos é recomendado deixar a criança segurar na escova e proceder à higiene dando-lhe alguma autonomia. É importante reforçar o incentivo para o hábito de escovar os dentes. No entanto, até cerca dos 7-8 anos de idade, os cuidadores deverão sempre completar a escovagem de modo a certificarem-se da sua correcta técnica.

Mesmo com uma boa técnica de escovagem e uma rotina de higiene dentária bem estabelecida deve-se ter em conta alguns cuidados, entre estes evitar alguns alimentos ricos em açúcar como sumos de pacote, bolachas e biscoitos, principalmente entre refeições principais. Doces pegajosos, como brigadeiro e sugos, são mais perigosos porque se agarram aos dentes e deixam restos difíceis de serem retirados. É importante equilibrar o consumo dessas guloseimas, e nunca mergulhar a chucha do bebé em nada adocicado.

Depois da erupção dos primeiros dentes e já com a introdução da diversificação alimentar não é recomendado que a criança adormeça com biberão de leite ou bebidas adocicadas. A razão prende-se pelo facto de, durante a noite, existe uma diminuição de produção de saliva, que faz a autolimpeza nos dentes. Sem essa proteção extra, os dentes ficam mais expostos às bactérias. Se a criança ainda mama durante a noite oferecer água no final.

Referências Bibliográficas:

1 Paula e Silva,F W. Garcia de et al. Erupção dental: sintomatologia e tratamento. Pediatria (São Paulo) 2008;30(4):243-248. Disponivel em: pediatriasaopaulo.usp.br